#33- Apenas o suficiente / Seu intestino de “boa”/ Hidrate-se durante o treino

Olá, minha irmã! Tudo em paz?

“Se você encontrar mel, coma apenas o suficiente, para que não fique enjoado e vomite”. (Provérbios 25:16)

Para cada mulher existe um mel, que é saudável e traz prazer, cabe-nos identificar e sermos moderadas com ele. Comer demais não é bom para o nosso corpo e espírito, pois reflete que não há domínio próprio, estando afastado da vontade de Deus. Algumas de nós dizem estar dispostas a morrer por Jesus, mas não estão dispostas a fazer um esforço e controlar os seus prazeres. Se você deseja ter uma vida plena, sem excessos e sem carências, deixe que Jesus opere em seu coração e logo, terá a paz de Cristo, a alegria de viver e força para trabalhar. Pois, não há nada que Jesus não possa suprir e fazer. Renda-se!

Thays M. Viana Paiva
Rede Entre Amigas – Igreja Cidade Viva
www.cidadeviva.org 


WhatsApp Image 2018-02-23 at 16.24.59

DESAFIO: FAÇA AS PAZES COM SEU INTESTINO!

–    AUMENTE O CONSUMO DE ÁGUA E USE DIARIAMENTE FONTES DE FIBRAS SOLÚVEIS E INSOLÚVEIS COMO AVEIA, LINHAÇA, MAMÃO, MANGA, AMEIXA FRESCA E SECA, LARANJA COM BAGAÇO, FRUTAS COM CASCA. ALÉM DISSO, CONSUMA PROBIÓTICOS NATURAIS COMO IOGURTE NATURAL, COALHADA CASEIRA OU LEITE FERMENTADO!

O intestino preso é causa de muito mal-estar: gases, irritação, inchaço, hemorróidas, e acomete muitas mulheres de várias idades. Sedentarismo e má alimentação são duas das principais causas para a constirpação. Por isso, uma mudança no estilo de vida é o melhor remédio para este problema.

Nosso trato gastrointestinal é habitado por milhões de bactérias que têm papel importante na nossa saúde e imunidade. A boa alimentação influencia na qualidade da microbiota intestinal, ou seja, a quantidade de fibras, água e outros alimentos que ingerimos tem o potencial de aumentar o número de bactérias intestinais benéficas a nossa saúde. Já uma alimentação pobre em fibras e rica em embutidos e processados levam ao desequilíbrio da flora intestinal, estimulando a proliferação de bactérias nocivas. Um distúrbio causado por esse desequilíbrio é a disbiose intestinal.

Um intestino saudável, além de funcionar regularmente e gerar bem-estar, influencia o equilíbrio das funções do organismo como um todo, assim como, a absorção dos nutrientes que ingerimos. Uma microbiota equilibrada tem impacto também no sistema nervoso central, no comportamento alimentar, ne regulação do apetite e na saciedade. Então, ajustar a alimentação traz mais benefícios do que podemos imaginar!

As fibras solúveis, como as presentes na aveia, maçã, beterraba, cenoura e frutas cítricas podem diminuir os níveis de colesterol sanguíneo (LDL-colesterol), além disso, protegem contra o câncer colorretal. As fibras insolúveis, como as presentes nas cascas das frutas, nos folhosos, farelo de trigo, linhaça, chia e cereais integrais, tornam a evacuação mais fácil e rápida. A água, por sua vez, umidifica o bolo fecal e facilita todo o processo de motilidade intestinal.

Experimente simples mudanças, inclua alimentos novos no seu dia a dia e sinta-se leve como nunca!

Equipe Nutrição


WhatsApp Image 2018-02-23 at 08.51.18

HIDRATE-SE DURANTE O TREINO!

HIDRATE-SE CORRETAMENTE ANTES, DURANTE E APÓS SEU TREINO:

✅– Garanta uma boa quantidade de água por dia
No intuito de equilibrar o aporte hídrico, é necessário compensar diariamente a perda de água do corpo. Ao beber um copo d’água em cada uma das três refeições diárias, você já recupera um litro de água. O meio litro restante será obtido ao tomar água esporadicamente durante o dia. No caso de praticar uma corrida ou qualquer atividade física, essa necessidade diária deverá ser aumentada, sobretudo em caso de temperatura ambiente elevada e atmosfera seca;

✅– Durante a corrida, nunca espere sentir sede para beber
A sensação de sede não é um bom indicador do estado de hidratação corporal, pois ela aparece tardiamente. Ela se manifestará quando o esportista já estiver em estado de desidratação de pelo menos 1% do peso corporal. É preciso, então, trazer mais água do que a quantidade reclamada pelo organismo;

✅– Hidrate-se regularmente
Para assegurar uma boa hidratação, durante suas saídas de running, é preciso tomar água a cada 10 ou 15 minutos, cerca de 100 a 150 ml (1 a 2 goles). Não tome água muito fria, para não correr o risco de gerar problemas gástricos: a bebida deve estar fresca, mas não gelada. A temperatura deve situar-se em torno de 15°C;

✅– Reconheça os sinais de uma desidratação
Os primeiros sinais de uma desidratação são principalmente: sensação de sede, elevação da frequência cardíaca, diminuição da tensão arterial e queda de desempenho. Uma desidratação moderada será sentida por fadiga e cansaço. Uma desidratação severa irá se manifestar através de uma sensação elevada de sede durante o esforço, pernas pesadas, falta de fôlego, dores musculares e dos tendões, entorses etc.

No caso de uma desidratação severa, é necessário um auxílio médico imediato, já que nesse caso será tarde demais para reagir. Isso porque a capacidade de absorção do estômago é insuficiente para suprir rapidamente uma desidratação deste nível.

Luciana Bronzeado
CREF 000191-G/PB

Que Deus te abençoe ricamente!

Um grande abraço,

Samara Queiroz
Rede Entre Amigas
Igreja Cidade Viva

QUERO RECEBER AS DICAS DIRETAMENTE NO MEU EMAIL

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.