Olhando-se no espelho

A insensatez, a estultícia está ligada ao coração da criança e é verdade. Isto está escrito na Palavra de Deus, no livro de Provérbios 22.15. O problema é que muitos de nós continuamos nessa insensatez, nessa errância constante. Deram até uma nomenclatura para isso em nossos dias: Síndrome de Peter Pan.

Com “Síndrome de Peter Pan são as pessoas que continuam a se comportar como crianças, mesmo depois de adultas. São pessoas que se recusam a crescer, demonstram uma forte imaturidade emocional e têm um grande medo de não serem amadas e acabarem sendo rejeitadas.” http://www.psiconlinews.com/2016/04/sindrome-de-peter-pan-adultos-que-nao-aprenderam-a-crescer.html.”

O nosso problema hoje é que, ao invés de nomearmos nossos pecados, nós os transformamos em doenças e síndromes. Ao invés de assumirmo-nos egoístas, preguiçosos, presunçosos, individualistas, desobedientes, protagonistas de nossa própria história e vida, colocamos as capas de vítimas. Sempre sofremos o dano do pecado e do erro alheio, nunca os danos dos nossos próprios pecados. Somos meros coitadinhos!

Hoje é o dia da virada! Nós não somos coitadinhos! Nós somos filhos do Deus altíssimo e Ele nos ama muito. Ele nos ama tanto que nos deu seu único filho para não nos deixar abandonados. Isto é real e muito precioso. Você é amado e aceito pelo Senhor! Passamos por muitos momentos difíceis, todos passam. Mas o sofrimento vai acabar, o Senhor enxugará do rosto toda a lágrima. Essa é a nossa esperança. Mas no que depender de nós, tenhamos paz com todos e consigo mesmos.

Ative a oração: Examine-se a si mesmo com transparência. Peça ajuda ao Senhor para sondar o seu coração. Arrependa-se e confesse seus pecados! Receba o perdão do Pai, pois “Quem esconde os seus pecados não prospera, mas quem os confessa e os abandona encontra misericórdia.” Provérbios 28.13

Seja liberto da Síndrome de Peter Pan assumindo-se e enfrentando a realidade. Uma vida cheia de desafio e de superação é bem mais gratificante e feliz do que uma vida de espectador do que os outros estão fazendo. Oremos a oração de autoavaliação do rei Davi, após ter seu adultério descoberto.

Oração: “Tem misericórdia de mim, ó Deus, por teu amor;
por tua grande compaixão apaga as minhas transgressões.
Lava-me de toda a minha culpa e purifica-me do meu pecado.
Pois eu mesmo reconheço as minhas transgressões, e o meu pecado sempre me persegue.
Contra ti, só contra ti, pequei e fiz o que tu reprovas,
de modo que justa é a tua sentença e tens razão em condenar-me.
Sei que sou pecador desde que nasci;
sim, desde que me concebeu minha mãe.
Sei que desejas a verdade no íntimo; e no coração me ensinas a sabedoria.
Purifica-me com hissopo, e ficarei puro; lava-me, e mais branco do que a neve serei.
Faze-me ouvir de novo júbilo e alegria, e os ossos que esmagaste exultarão.
Esconde o rosto dos meus pecados e apaga todas as minhas iniquidades.
Cria em mim um coração puro, ó Deus,
e renova dentro de mim um espírito estável.
Não me expulses da tua presença nem tires de mim o teu Santo Espírito.
Devolve-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito pronto a obedecer. ” Salmos 51.1-12
Amém!

Deus te encha de graça, coragem e liberdade, *|FNAME|*!

Um grande abraço,

Samara Queiroz
Líder da Rede de Mulheres
Igreja Cidade Viva

PS. Você poderá encaminhar este email para alguém que queira iniciar o estudo, basta clicar no link para iniciá-lo, desde o primeiro dia, EU QUERO FAZER O ESTUDO SOBRE ORAÇÃO, ou acessar o meu blog e realizar o cadastro por lá: blog de Samara Queiroz.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.