2- Rompa barreiras, você é livre!

Posso imaginar o tanto de culpa que você tem carregado há anos em seu coração.
Acha que tudo de ruim que aconteceu a outra pessoa ou a você mesma foi porque você fez ou
deixou de fazer alguma coisa. Vive dizendo a si mesmo: “Ahhh! Se….eu…”
Ou quem sabe você vive culpando alguém por sua infelicidade.
E repete: “Ahhh!.. Se… eu…”
E, depois de tudo isso, fechou-se em si mesmo.
Algo muito sério aconteceu e você acabou criando muros intransponíveis para se “proteger”.
Afinal, acaba tentando consolar-se com o clichê: “O tempo vai resolver”.
E a verdade é que o tempo passou, continua passando e você permanece com sua dor, sua culpa sendo alimentada.
Pare com isso!
“Portanto, se o Filho os libertar, vocês de fato serão livres.” ​João ​8:36 ​NVI
Você conhece Jesus, mas continua preso ao que de ruim lhe aconteceu.
Perdoe a si mesmo, passou. Jesus te amou e te perdoou na cruz.
A cruz foi suficiente.
Quando você não se perdoa, você diz que a cruz foi insuficiente.
Perdoe a pessoa que lhe feriu. Se você puder imaginar ou ter a oportunidade de saber a história dela, poderá ser capaz de perdoá-la mais facilmente.
Senão entregue-a ao Senhor que é justo juiz para julgar e amar incondicionalmente, mas seja livre para ter uma vida bem mais leve.
Viver de bem com a vida requer de nós paz com nossa história e isso é uma decisão que
podemos e devemos tomar, no poderoso nome de Jesus Cristo!
Ele já nos libertou!

Sejam livres!

Samara Queiroz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s