O Senhor nos liberta das correntes que nos prendem

11 Dias para viver novos sonhos
O Senhor nos liberta das correntes que nos prendem
“Por volta da meia-noite, Paulo e Silas estavam orando e cantando hinos a Deus; os outros presos os ouviam.
De repente, houve um terremoto tão violento que os alicerces da prisão foram abalados.
Imediatamente todas as portas se abriram, e as correntes de todos se soltaram.” (Atos 16:25-26 NVI)
É bem verdade que somos livres para expressar nossas ideias, para trabalhar, para ir e vir, que é um direito constitucional, para andar na praia, para louvar e adorar a Deus etc. Temos tanta liberdade que acabamos por ficar escravos dela, sem perceber que o nosso direito termina quando começa o direito do outro. E encontramo-nos em muitas prisões pessoais: conflitos na família, adultério, sensualidade, vaidade, inveja, avareza, situações nas quais não temos a solução e sofremos as consequências. Estes são uns dos poucos exemplos de correntes que nos aprisionam.
Nesta passagem bíblica temos verdadeiras correntes em uma prisão literal. E o que faziam os apóstolos? Eles oravam e cantavam hinos ao Senhor, quando todas as correntes e portas foram abertas. Aleluia!
Oração:
Senhor Deus e Pai, louvado, exaltado e glorificado seja o Teu Santo nome. Jesus, Tu és o verbo que se fez carne e habitou entre nós. Tu és lindo.
Somos tão pequenos, Senhor. Mesmo com tanta liberdade, escolhemos as prisões. Vem com o Teu Espírito Santo sobre nós, liberta-nos das cadeias dos pecados.
Se correntes tentam nos aprisionar, louvaremos e adoraremos o Teu nome, mesmo na dor, porque sabemos, pela fé, que Tu podes agir de maneira sobrenatural e quebrar todos os grilhões que estiverem sobre nós. Obrigada, Pai. Porque Tu és um Deus libertador e amoroso e em todas as coisas queremos Te dar graças e louvores, em nome de Jesus, amém!
Samara Queiroz
Líder da Rede de Mulheres –SM
Cidade Viva

Deixe uma resposta