Ricos que vivem como se pobres fossem

Fico imaginando se tivemos algum avanço em viver tudo o que o Senhor conquistou na cruz por nós. Penso que não.
Apatia, desesperança, tristeza, morbidez e pessimismo são algumas das características que vemos claramente em muitos cristãos de nosso convívio.
E não foi diferente na época do apóstolo Paulo. Quando ele falava para os efésios, trouxe a seguinte mensagem:

“Por essa razão, ajoelho-me diante do Pai, do qual recebe o nome toda a família nos céus e na terra. Oro para que, com suas gloriosas riquezas, ele os fortaleça no íntimo do seu ser com poder, por meio do seu Espírito, para que Cristo habite no coração de vocês mediante a fé; e oro para que, estando arraigados e alicerçados em amor, vocês possam, juntamente com todos os santos, compreender a largura, o comprimento, a altura e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo que excede todo conhecimento, para que vocês sejam cheios de toda a plenitude de Deus.” Efésios 3.14-19

Nós somos habitação do Espírito Santo do Senhor, quando recebemos Jesus Cristo como Senhor e salvador. Mas, muitas vezes, não conhecemos a plenitude de Deus em nós.

Foi exatamente por isso que o apóstolo Paulo orou, porque os santos da igreja de Éfeso ainda não viviam cheios de toda a plenitude de Deus. E nós ainda hoje não vivemos com esta completude.

Somos ricos, mas vivemos como se pobres fôssemos. Temos a presença do Senhor em nós, mas não a observamos com a devida atenção, de modo que transborde em nosso jeito de viver, sentir e testemunhar.

A vida plena em Cristo faz com que priorizemos as coisas espirituais e saibamos, conscientemente, que somos, em tudo, vitoriosos Naquele que tudo venceu por nós.

Então, certos de que o Senhor tem vida em abundância para nós e que sua plenitude está disponível hoje, vivamos de acordo com as gloriosas riquezas já conquistadas por Jesus: salvação, alegria, amor, paz, domínio próprio, amabilidade, fidelidade, santidade, fé, bondade, mansidão, paciência e vida eterna.

Alegre-se, Jesus já venceu! Venceremos com Ele também!

Você é rico! Viva ricamente!

Eu quero viver assim… E você?

Que o Senhor te abençoe bem muitão!

Mil bjos,

Samara Queiroz

Um comentário sobre “Ricos que vivem como se pobres fossem”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.