Dia 39 – Distribuindo Responsabilidades

Dia39

 

Dia 39 – Distribuindo Responsabilidades

“Cada um exerça o dom que recebeu para servir os outros, administrando fielmente a graça de Deus em suas múltiplas formas.” 1 Pedro 4.10

Como saber os dons de seus filhos se você não os colocar para praticá-los? Há pais que acham que os filhos são muito novos para fazer qualquer coisa. Daí, fazem tudo por eles. Quando seus filhos crescem, são geralmente muito inseguros, pois não conseguem fazer atividades sozinhos ou não sabem fazer nada. Sempre tiveram os pais para fazerem em seu lugar e adicionalmente não descobriram seus dons.

Não sei enumerar as vezes que coloquei meus filhos para fazerem tarefas simples dentro de casa como: colocar as roupas sujas do quarto na área de serviço, lixo no lixo, ajudar a desarrumar o carro quando estamos viajando, cada um deve fazer a sua mala e cuidar de seus pertences. Depois de alimentar-se, cada um deve levar o seu prato da mesa para a pia. Também temos rodízio para lavar os pratos aos fins de semana. E, quando chegamos de viagem e a casa está fechada por muito tempo, cada um faz uma tarefa que esteja ao seu alcance e de acordo com o que cada um faz de melhor: passar o pano na casa, guardar as roupas e limpar os banheiros.

Muitas vezes, confesso, senti-me uma bruxa, a rainha das petições “horríveis” rsrsrsr. Mas sei que era o melhor que poderia ensiná-los, preparando-os para o amanhã. Atualmente, sempre trabalhamos juntos em casa e dividimos tarefas. Eu também trabalho, não fico somente pedindo. Eles veem isso. É um trabalho em família cooperativo, com músicas, e ainda podemos celebrar ao final com muita alegria e elogios, é claro!!!

Depois que enfrentei a morte face a face, tive que tomar uma decisão sobre o que eu queria para os meus filhos na minha ausência: filhos chorosos e incapazes de viverem sozinhos ou filhos saudosos e felizes por terem sido aptos para toda e qualquer situação. A segunda opção foi a minha. Você não viverá para sempre. Já pensou sobre isso? Como você deseja ver seus filhos na sua ausência? 

Se você escolheu a segunda opção como eu, arregace as mangas e comece a distribuir tarefas, de acordo com a idade e capacidade de seu filho. Ao final, agradeça, dê um sorriso e elogie. Se não estiver tão bom assim, deixe para fazer a observação na próxima vez que ele for fazer a atividade. Diga assim: “_Você fez muito bem da última vez. Veja se consegue… Tenho certeza de que sim. Se tiver dúvidas, me pergunte.”

Que sejam momentos de alegria e de investimento, não de cobranças e de críticas. Tenha paciência e continue incentivando-os. Você vai conseguir, em nome de Jesus!

Deus te abençoe bem muitão!

Um grande abraço!

Samara Queiroz

Versículos bíblicos utilizados na versão NVI-Nova Versão Internacional

Deixe uma resposta