Dia 6 – O amor equilibra prioridades

Dia 6 – O amor equilibra prioridades

Interessante que os pronomes possessivos fazem parte da nossa vida. Esse email mesmo começou com o início do dia que é “seu”. Daí, podemos esticar um pouco mais pensando em seu café da manhã, seu trabalho, seu carro, seu horário e seus filhos.

Há uma reflexão constante sobre os limites do que se pode considerar seu, meu e nosso. Tendemos a pensar muito mais nos nossos próprios interesses do que no interesse dos nossos filhos.

Quero deixar bem claro que eu mesma vivo me policiando pela tendência de focar e priorizar a minha vontade, o meu tempo, a minha urgência em detrimento do que seria a necessidade do outro, dos meus filhos. Que valores estou passando para eles?

“O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor.” 1 Coríntios 13.4-5.

Oremos:

Senhor Deus e Pai, perdoa-me por pensar demais em minhas necessidades, à medida que meus filhos crescem. Sei que eles terão suas próprias vidas e decisões futuras. Que eu possa ver e colher frutos de bondade, de serviço e de amor ao próximo na vida deles. Para isso vou gastar mais tempo com eles e ouvi-los mais pacientemente. Dedico meus filhos a Ti, pois sei que são presentes que Tu mesmo me deste para amar e cuidar. Dirige meus passos, Senhor, e que eu possa ser reconhecido como aquele que ama e que não apresenta egoísmo em suas ações, em nome de Jesus, amém!

Que o Senhor nos abençoe!

Um grande abraço!

Samara Queiroz

2 comentários em “Dia 6 – O amor equilibra prioridades

  1. É isso que estamos precisando, que o mundo está precisando, amor!! Atitudes no bem!! Colocar em prática!!

Deixe uma resposta